MURAL - Maynooth University Research Archive Library



    O comum mais-que-humano: do comum à comunalização


    Bresnihan, Patrick (2018) O comum mais-que-humano: do comum à comunalização. Aurora. Revista de Arte, Mídia e Política, 11 (31). pp. 12-42. ISSN 1982-6672

    [img]
    Preview
    Download (157kB) | Preview


    Share your research

    Twitter Facebook LinkedIn GooglePlus Email more...



    Add this article to your Mendeley library


    Abstract

    O artigo combina leituras feministas e pós-coloniais do comum com trabalho de campo etnográfico em e sobre Castletownbere, um porto de pesca comercial no sudoeste da Irlanda onde eu passei dezesseis meses vivendo e trabalhando em vários barcos. As origens etimológicas da pavra "comum" são com (junto) e munis (sob obrigação). Primeiro, isto nos diz que o comum é produzido junto, refletindo uma interdependência, o reconhecimento de que alguns de nós (humanos e não-humanos) confiamos uns nos outros dentro de certos contextos. Segundo, e advindo do primeiro, as obrigações que tal interdependência demanda de nós. Estas obrigações não deveriam apenas ser pensadas em termos de regras sociais ou instituições, mas tamém em termos da negociação situada, menos que exata, de diferentes necessidades e habilidades que podem se sobrepor de formas mutuamente benéficas. A negociação dos limites e oportunidades é uma atividade contínua porque as condições ambientais, sociais e de mercado mudam, demandando respostas dos pescadores que já são parte de ecologias e relações sociais "densas" que não podem simplesmente ser ignoradas. O conceito de "comum mais-que-humano" aponta para um mundo que não é, desde o início, separado e assim necessita de fronteiras institucionais para permitir a partilha. Trata-se de um mundo que já é partilhado de formas menos que perfeitas, tensas, mas ainda assim partilhado. Simultaneamente, o comum mais-que-humano não fornece um horizonte utópico ou mesmo uma forma esperançosa de política. Não há nada que autorize se pressupor que tais lugares precários de comunalização sejam opostos ou mesmo externos à captura capitalista do valor ou da retirada atual do Estado da provisão de bem-estar institucionalizado.

    Item Type: Article
    Keywords: Mais-que-humano; Liberalismo; Comunalização; Cuidado; Cooperativas de pesca; More than human; Liberalism; Communication; Watch out; Fishing cooperatives;
    Academic Unit: Faculty of Social Sciences > Geography
    Item ID: 12138
    Depositing User: IR Theres
    Date Deposited: 14 Jan 2020 15:49
    Journal or Publication Title: Aurora. Revista de Arte, Mídia e Política
    Publisher: Aurora
    Refereed: Yes
    URI:

    Repository Staff Only(login required)

    View Item Item control page

    Downloads

    Downloads per month over past year